Abre o Site em nova janela
acessibilidade:busca (alt+b)voltar (BackSpace)fim da página (alt+f)A + (aumentar) D - (diminuir)

TV Justiça Visitantes RecomendePrevisão do Tempo Jornais de Hoje AssinaturasCódigos Eletrônicos

BUSCA
TV Justiça TV Senado TV Câmara    assista as TVs Justiça, Senado e Camara

leitura dos Diários Oficiais      download dos códigos eletrônicos do Soleis

PARÁ

Bandeira do Pará
Bandeira do Estado do Pará.

utilize o mapa para acessar outros estados:

Mapa do Brasil Roraima Pará Amapá Amazonas Maranhão Piauí Ceará RG do Norte Paraíba Pernambuco Alagoas Sergipe Bahia Minas Esp. Santo Rio Distrito Federal Goiás Tocantins São Paulo Mato Grosso MG do Sul Rondônia Acre Parana Santa Catarina RG do Sul

Estado brasileiro situado no centro da região norte. Tem como limites Suriname e Amapá (N), oceano Atlântico (NE), Maranhão e Tocantins (L), Mato Grosso (S), Amazonas (O), Roraima e Guiana (NO).

A capital é Belém. As cidades mais importantes são Belém, Santarém, Marabá, Altamira, Castanhal e Abaetuba. O relevo é baixo e plano; 58% do território se encontram abaixo dos 200 metros. As altitudes superiores a 500 metros estão nas serras de Carajás, Caximbinho e Acari.

Os rios principais são Amazonas, Tapajós, Tocantins, Jari e Pará. A economia se baseia no extrativismo mineral (ferro, bauxita, manganês, calcário, ouro, estanho) e vegetal, na agricultura, na pecuária e nas criações, e na indústria.

O Forte de Presépio, fundado em 1615 pelos portugueses, deu origem a Belém, mas a ocupação do território foi desde cedo marcada por incursões de holandeses e ingleses em busca de especiarias.

No século 17, a região, integrada à capitania do Maranhão e Grão-Pará, conheceu a prosperidade com a lavoura e a pecuária. Em 1774, desfez-se a integração. Em 1821, a Revolução Constitucionalista do Porto (Portugal) foi apoiada pelos paraenses, mas o levante acabou reprimido. As lutas políticas continuaram: a mais importante, a Cabanagem (1835), chegou a decretar a independência da província.

A economia cresceu rapidamente no século 19 e início do século 20 com a exploração da borracha. Com o declínio deste ciclo, veio a estagnação, da qual o Pará só saiu na década de 60, com o desenvolvimento agrícola do sul do Estado. Na década de 70, o crescimento foi acelerado com a exploração do ferro na serra de Carajás e do ouro em Serra Pelada.

Capital: Belém

Área (km²): 1.247.689,515
Número de Municípios: 143
População Estimada (2005): 6.970.586

outros links sobre o assunto MAIS OPÇÕES DE NAVEGAÇÃO:

página principal - topo - voltar - contato - recomende este site

download dos codigos

cd juridico soleis



****

construa seu site

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Home Recomende o Soleis topo (alt+i) A + (aumentar) D - (diminuir)

O conteúdo deste site é protegido por leis federais. Reprodução de textos só com autorização expressa.
Obrigado por utilizar nossos serviços.